Point EAD

Videoconferências

Tecnologia essencial para a inclusão digital

As videoconferências têm se destacado como importantes aliadas na efetividade do ensino a distância. Podem, no entanto, surgir dúvidas sobre a utilização desse recurso.

A seguir, listamos e detalhamos ferramentas excelentes para a realização de videoconferências. Todas podem ser usadas por educadores em geral para diferentes finalidades: encontros pedagógicos, planejamentos, conselhos de classe, reuniões com responsáveis, aulas de cursos EAD, palestras on-line e muitas outras possibilidades.

É importante destacar que essa tecnologia não é apenas uma opção. Hoje ela se tornou essencial para a inclusão digital e a integração das comunidade escolares e acadêmicas.

google-meet

Google Meet

Com o Google Meet é possível realizar reuniões e aulas com até 250 participantes e ainda deixar gravado para outras pessoas assistirem depois. É um aplicativo prático que pode ser usado em computadores e celulares. E também é bem fácil, já que o aluno não precisa ter uma conta cadastrada para acessar uma reunião no Meet. A gravação das reuniões ou aulas só está liberada no plano G Suite Enterprise.

Compressed by jpeg-recompress

Zoom Meetings

O Zoom é um software voltado para a realização de videoconferências que pode ser utilizado para aulas e reuniões online. Permite realizar reuniões com até 500 pessoas ao mesmo tempo e, ainda, gravá-las, estando disponível em computador e celular. Para acessar uma reunião no Zoom a estudante não precisa ter uma conta cadastrada. Isso facilita bastante a interação entre professores e alunos.

skype

Skype

O Skype já é muito usado para baratear ligações e facilitar videoconferências corporativas, mas não está restrito a esses serviços. O uso do Skype em instituições de ensino vem crescendo progressivamente. Por isso, a Microsoft hoje oferece o “Skype na Sala de Aula”, com funcionalidades que facilitam o seu uso pedagógico. Com ele é possível realizar reuniões com até 50 pessoas.